Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

DITADOS II

 

         Como se disse no precedente texto, todos os dias fazíamos um ditado, digamos, um ditado de treino ou de consolidação, tentando recuperar/manter os conhecimentos anteriormente adquiridos.

 

         A estratégia era a seguinte: feito o ditado, como os que a seguir se mostram, eram os cadernos distribuídos pelos alunos. Cada um via, marcava os erros encontrados, sublinhando-os a lápis e, ao alto, indicava a quantidade, escrevendo na última linha o seu nome. [Nem sempre se cumpria este procedimento, pois tenho alguns ditados sem indicação de quem o «viu»!.]

 Um acento umas vezes contava um erro, outras vezes apenas  ¼. Terminada esta primeira fase, os cadernos eram entregues à D. Elisa que, revendo-os,  ratificava ou rectificava  a «posição» do colega corrector. Quando havia tempo, e havia quase sempre, o caderno regressava ao seu dono que corrigia os erros, reescrevendo as palavras erradas correctamente, 5 [cinco] vezes cada uma. Assim é em todos os ditados que possuo!

         Por curiosidade, apresento um ditado corrigido por cada uma das meninas que compunham a turma da admissão em 1947-48!    Por ordem alfabética:  Engrácia e M. Branca; por ordem crescente de erros encontrados:  M. Céu e Cremilde [ No original vê-se, claramente, que é a Cremilde, mas na reprodução, nem tanto! Observe-se a antepenúltima linha, por baixo de frutas, cereais e na linha de  gados, logo a seguir.]

                                                                                     I                                                                                 

 

 

 

                                                                                                                                                         

                                                                                 ***

 

                                                                                   II

 

 

 

 ***

 

 III

 

 

 

 

 

 ***

 IV

 

 

 

 

  ***

         Mostram-se apenas ditados  corrigidos por meninas para dissimular… , por ora,  a identidade do escriba destas coisas!  Tenho-os corrigidos por toda a gente… menos por  um dos rapazes [se a memória me não atraiçoa]!

 

 

Sócrates Daqui

 

 

Post Scriptum

 

         Por curiosidade inclui-se também um ditado corrigido por um rapaz, o Elvino, para se ver como se encerravam os cadernos.  Este foi o último ditado dum caderno: o corrector escrevia  «acabado» e a D. Elisa confirmava a vermelho e rubricava!

 

 

 

Sócrates Daqui

 

 

 

 

publicado por Aristófanes às 23:39

conecção do texto | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar neste diário

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.textos recentes

. GEOGRAFIA

. Aritmética

. DITADOS II

. DITADOS

. QUEM É ESSE SÓCRATES DAQ...

. O CACHECOL DA PRECIOSA

. GRAMÁTICA MODERNA

. DICHOTES

. Prosadoras e Prosadores d...

. POETISAS E POETAS DA NOSS...

. ANDORINHA

. A NOSSA TURMA

. ...

. Votos de Ano Bom

. Info...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub